Toda a verdade!

O caso do capelão da Pinheiro da Cruz, Júlio Lemos, foi capa de jornais e apareceu em todos os blocos de informação da nossa televisão, na semana passada.
Dizem as notícias que o dito senhor foi raptado por dois prisioneiros, o Tó e o Francês, sob a ameaça de arma branca.
Cabe-me a mim limpar a imagem destes dignos prisioneiros. O Tó e o Francês garantem estar convertidos ao cristianismo e afirmam estarem dispostos a trocar as suas penas – de 25 e 5 anos, respectivamente – por uma absolvição divina que os limpe de todos os pecados e os ponha de novo em liberdade. Daí se terem retirado com o senhor capelão para um zona mais recatada do estabelecimento prisional, de forma a realizar o “ritual” em condições.
Contudo, o padre teve algumas dificuldades em se recordar da fórmula latina da absolvição divina para este tipo de crimes, o que originou alguma demora na resolução do caso. Entretanto o caso chegou à comunicação social que logo se ocupou de deturpar a informação denegrindo a imagem dos excelentíssimos prisioneiros. Por isso meus amigos, não acreditem em tudo o que vêm nas notícias. Num estudo realizado pelo Zurras conclui-se que 91% das informações transmitidas pelos media são mentiras, ou de alguma forma desfiguram a realidade.
Foi-nos confidenciado que Júlio Lemos empenhado em ajudar os seus mais recentes amigos, o Tó e Francês, até telefonou ao Papa, para que este lhe refrescasse a memória, mas o sumo pontífice tinha a linha ocupada numa chamada para a LANF (Linha de Apoio a Nazis Frustrados) e em nada ajudou este pastor de dEUS na sua missão divina.

0 Responses to “Toda a verdade!”

Enviar um comentário


Links to this post

Criar uma hiperligação

Zurraria

  • Para além de ocuparmos espaço na net, desperdiçamos também papel no Jornal de Monchique...

    Zurras Mail

  • zurraria@gmail.com