Não é super não senhor!

Muito antes do Noddy, a criança taxista, muito antes do Bob The Builder, o jovem empreiteiro corrupto, muito antes do Ruca, o puto com leucemia, havia neste mundo o Super Mário. (Não, não é o Jardel)
E dizem vocês: "Mas o que é que o simpático canalizador Italo-americano tem a ver com esse grupo de deliquentes?"
Pois é meus amigos, não se deixem enganar pela cara sorridente ou pelo bigode apalhaçado, pois a personagem que todos conhecemos dos jogos de vídeo desde os tempos da SNES não é mais do que um ávido consumidor de estupefacientes. Sim, ouviram bem, estupefacientes. Se não acreditam, pensem bem: tal como o Popeye enfardava a latinha de espinafres para ganhar âncoras no antebraço, também o sr. canalizador faz uso de substâncias para melhorar a sua performance atlética...
O elemento que salta logo à vista de qualquer jogador mais perspicaz é o cogumelo. Toda a gente sabe que o sr. Mário sofre consideráveis alterações a vários níveis pelo simples facto de ingerir cogumelos de aparência duvidosa. Qual Obikwelu sob o efeito de esteróides, o encanalizador (à moda algarvia) favorito de todo o mundo salta mais alto, corre mais depressa, ganha vidas extra, entre outros atributos...
Para além do cogumelo existe ainda uma flor... após extrair desta planta uma substâcia que se presume ser ópio ou cocaína, o nosso amigo passa a deter a capacidade de lançar bolas de fogo contra o pessoal que se atravessa à sua frente, BOLAS DE FOGO, meus amigos.
De resto, e para concluir esta brilhante aferição da Zurras team, deixo-vos um argumento final: tartarugas com asas, nuvens assassinas, dragões, princesas detidas em castelos, o facto de o "herói" da história ser um canalizador e da história se passar no tempo dos castelos, tudo isto são provas de que o Super Mário só é Super derivado das substâncias alucinógénias que consome, não passando toda a história de uma gigantesca trip de ácido, qual Jimi Hendrix...
Se ainda acreditam que o sr. Mário é sequer canalizador pensem bem: quantas vezes mostra ele o rego do rabo durante o jogo e todas as consequentes sequelas? Pois é... que eu tenha confirmado, nenhuma. Acho que isto diz tudo sobre a natureza deste senhor. Tenho dito.

2 Responses to “Não é super não senhor!”

  1. # Blogger Marta

    ...mas é que eu já desconfiava...  

  2. # Blogger Wicked

    tipo... eu este fim de semana fiz uma descoberta tambem ela envolvendo figuras presentes na maioria dos jovens da nossa geraçao ( 1986 e arredores ) e envolvendo tambem estupefacientes, e ando a efectuar um estudo sobre tal descoberta, qd tiver algo mais elaborado vcs serao dos 1ºs a saber.. :D  

Enviar um comentário


Links to this post

Criar uma hiperligação

Zurraria

  • Para além de ocuparmos espaço na net, desperdiçamos também papel no Jornal de Monchique...

    Zurras Mail

  • zurraria@gmail.com